quarta-feira, 12 de abril de 2017

O diabo adora os fanáticos!

Não há nada mais anticristão no mundo do que um "cristão" fanático: ele é, por definição, o garoto-propaganda número um do inferno. Com efeito, nada afasta mais uma alma de Deus do que um ser fanatizado pela religiosidade vazia e radical. Mas, quem é o cristão fanático? E como alguém se torna um fanático? Este é justamente o assunto do nosso texto de hoje.

Quem é o cristão fanático? É todo aquele que, em nome de dogmas, doutrinas humanas ou costumes estabelecidos, deturpa o verdadeiro sentido do Evangelho de Cristo, a saber, amar a Deus sobre todas as coisas e aos nossos semelhantes como se cada um deles fosse nós mesmos.

Note ainda que todo fanático é um "bem-intencionado". Tudo o que ele fala contra o Evangelho ele o faz em nome da Bíblia. Ele sempre tem um versículo solto e fora de contexto para justificar alguma doutrina exótica ou para condenar alguém que não obedeça as suas regrinhas. É por isso que se diz que "de boas intenções o inferno está cheio"...

E como alguém se torna um fanático? Vamos listar aqui algumas causas prováveis da gênese do fanatismo religioso (cristão) em alguém.
  1. justiça própria - o sujeito segue tão à risca as normas da sua denominação que por isso começa a se achar apto a apontar os erros dos outros;
  2. má orientação espiritual - a pessoa é sincera na sua busca por servir a Deus, todavia, não recebe ensinamentos bíblicos pautados pelo Evangelho, e seu desejo de agradar a Deus acaba resultando no efeito contrário;
  3. compensação - em Psicologia, é o ato do indivíduo esconder determinados defeitos ou fraquezas procurando ser bom em alguma outra coisa. Desta maneira, a droga de muitos ex-viciados passa a ser a vida religiosa, a garrafa de cachaça passa a ser a leitura não inteligente da Bíblia, e o impulso sexual reprimido vira pregação enfurecida da "palavra".
Como vimos, há diversas formas de alguém se tornar um cristão fanático, sendo que todas elas, no fundo, tem um mesmo erro em comum: o desprezo pelos ensinos de Jesus em prol de doutrinas humanas. E, se algo afasta uma pessoa do Evangelho, aproxima-a do Mal...
----
Achamos que você também irá gostar dos seguintes posts: